Blog

Arquivo de outubro de 2010

Museus de Curitiba funcionam com horário especial neste feriado

Por Toda Letra em 11 de outubro de 2010

Nesta sexta-feira, dia 2 de novembro, Dia de Finados, os museus da Secretaria de Estado da Cultura (SEEC) abrem em horário especial. Quem for aos espaços verá uma grande variedade de exposições que contemplam diferentes manifestações artísticas. Quase todos os espaços têm entrada gratuita.

No Museu Oscar Niemeyer, o público poderá conferir a exposição “Múltiplo Leminski”.

O público poderá ver as duas mostras do Museu de Arte Contemporânea (MAC), que ficam expostas até 4 de novembro. Uma delas é “2012: proposições sobre o futuro – mostra do Acervo e Convidados”, que lança um olhar sobre o futuro a partir de obras do acervo do MAC e de artistas convidados. Na outra exposição, “Elementares: André Mendes e Fernando Franciosi”, os artistas percorrem caminhos inversos. Enquanto Franciosi apropria-se dos tecidos populares como suporte e ponto de partida para construir uma alegoria do pop, Mendes parte da plasticidade da tinta e transporta essa substância para o acrílico.

Além dessas, as mostras do Museu Alfredo Andersen também permanecem até o dia 4 de novembro. São elas: “quando não mais”, de Eliana Borges e Cintia Ribas, e “Under Co

nstruction”, do artista visual Emerson Persona. A primeira mostra utiliza a captação do movimento do corpo e da natureza por meio de imagens sobrepostas. Já  “Under Construction” é composta por desenhos e pinturas de pequenos e grandes formatos e apresenta a fragmentação e distorção do corpo humano, pensados a partir da relação do artista com o meio em que vive.

Já o Museu Oscar Niemeyer abriga a exposição “Múltiplo Leminski”. A mostra traz um pouco de tudo da vasta produção de Paulo Leminski. A curadoria é de Alice Ruiz, assistentes de curadoria Aurea Leminski e Estrela Leminski e design e ambientação de Miguel Paladino. Quem for ao MON também verá as exposições “América do Sul, a Pop Arte das contradições”, “Acervo MON – Aquisições 2011/2012”, “Acervo MON Mobiliário”, “Dorothea Wiedemann, aqui ou em qualquer lugar” e “Mulheres no Acervo MON”.

Agenda

Horário de funcionamento dos Museus da Secretaria de Estado da Cultura durante o feriado de 12 de outubro.

&

& all slots casino games

zp8497586rq

Hoje é o dia D: Dia de celebrar Carlos Drummond de Andrade

Por Toda Letra em 11 de outubro de 2010

*Texto atualizado às 15h47 de 01/11 para acréscimo de informações

Nesta quarta-feira é dia de fazer festa para o poeta Carlos Drummond de Andrade, nascido há exatos 110 anos em Itabira, Minas Gerais. E eventos estão sendo organizados País afora, por instituições variadas, para integrar a programação do Dia D.

Idealizado pelo Instituto Moreira Salles e realizado pela primeira vez em 2011, ele é inspirado no Bloomsday – quando fãs de James Joyce se reúnem no mundo todo para celebrar o autor de “Ulisses” com palestras, leituras e uma passada nos pubs irlandeses sempre presentes nas cidades. Aqui, o Dia D inspirou um outro evento – o Hora de Clarice, que prestou, no ano passado, homenagem à Clarice Lispector em 8 de dezembro, dia de seu aniversário.

A programação do Dia D é dinâmica e vem sendo atualizada no site diadrummond.ims.uol.com.br. Inclui cidades como São Paulo, Rio de Janeiro, Recife, Porto Alegre, Salvador, Brasília, Itabira e até o Porto, em Portugal – lá, Sura Berditchevsky encena a peça “Cartas de Maria Julieta” para Carlos Drummond de Andrade.

Por aqui, os cariocas saíram ganhando, já que a programação no Rio é mais extensa. Quarta, às 14 h, será aberta a mostra de cinema Drummond Homenageia Greta Garbo. O primeiro filme a ser exibido será “Grande Hotel” (14 h). Depois o público poderá assistir “Dama das Camélias” (16 h) e “Ninotchka” (18 h). Às 20 h, Ferreira Gullar, Eucanaã Ferraz e Ivan Marques participam de um bate-papo mediado por Luiz Fernando Vianna. Na Academia Brasileira de Letras, às 17h30, será realizado o recital Sete Vozes de Drummond.

Destaque também para a programação da Biblioteca Parque da Rocinha. Das 14 h às 16 h, crianças das escolas da região apresentam os trabalhos que fizeram inspiradas na obra do poeta. Haverá, ainda, rodas de leitura, contação de histórias e oficinas.

Em São Paulo, às 17h30, a Biblioteca Mario de Andrade promove o Sarau Dia D, quando o público será convidado a compartilhar suas impressões acerca da poesia de Drummond. Alunos de cursos pré-vestibular terão a chance de assistir a aula da professora Ivone Dare sobre o livro “O Sentimento do Mundo”, na livraria da Companhia das Letras,

no Conjunto Nacional. Serão dois horários: 16 h e 17 h. Na loja do IMS, também no Conjunto Nacional, títulos sobre o poeta publicados pelo IMS e o DVD “Consideração do Poema” terão descontos.

A livraria Bamboletras, de Porto Alegre, também aderiu à programação dando descontos. Vale para as obras escritas por ele. Na Mineirinha, em Belo Horizonte, haverá exibição de filmes e sarau com a presença de escritores, entre os quais Carlos Herculano Lopes e Ricardo Aleixo, às 19h.

Em Brasília, palestra com os professores da UnB Alexandre Simões Pilati e Germana Henrique Pereira de Sousa na livraria Sebinho, às 19h. Lá, haverá ainda a exposição “Drummond, Testemunho da Experiência Humana”, das 8h30 às 20 h, além da interpretação do poema “Caso do Vestido”, por Adeilton Lima, às 20h30.

Na cidade natal do poeta, a festa já começou na semana passada. Quarta, a partir das 10h30, participantes do projeto Drummonzinhos recitam versos em pontos comerciais de Itabira. Na Livraria Cultura de Salvador, às 20 h, e na do Recife, às 17h, serão exibidos “Consideração do Poema” e “Uma Pedra no Meio do Caminho – Biografia de um Poema”.

Já o projeto Declame para Drummond, de um coletivo de 110 poetas, distribuirá poemas nas cidades de seus integrantes. A relação das cidades está no site marinamara.com.br. Programação completa: diadrummond.ims.uol.com.br. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Curitiba

A capital paranaense, Curitiba, aparentemente ficou de fora da comemoração do Dia de Carlos Drummond de Andrade. No site oficial do evento, não havia nenhuma programação relativa à capital paranaense. Segundo a assessoria de imprensa do Instituto Moreira Salles, a instituição incentiva e apoia a ideia, no entanto não é responsável por todos os eventos que acontecem no Brasil. “São as instituições parceiras que organizam os eventos e nos passam a programação para divulgarmos”, esclareceu a assessoria.

A reportagem da Toda Letra entrou em contato com a Livraria Cultura, parceira do Instituto Moreira Salles, para saber se de fato não houve alguma programação relativa ao autor Carlos Drummond de Andrade, mas não obteve o retorno da ligação até o momento de fechamento do texto.

Se você mora em Curitiba e viu alguma programação relativa ao “Dia D”, conte pra gente! all slots casino games

zp8497586rq